domingo, 16 de dezembro de 2012

Frases




Percursos desalinhados, geram vidas inanimadas.

Secretamente Selvagem





Os dias são demasiado curtos para tornar visível a verdadeira essência da vida. Mas é na noite, que esta nasce de forma secretamente selvagem e tenta demonstrar que a frase tão celebre de que, "nem tudo o que parece é" se torne mais verdadeira do que a realidade imposta pelos nossos olhos em plena luz do dia.

domingo, 1 de julho de 2012

Frases...




Quando o coração fala mais alto já não há volta a dar.

Agora Eu Vejo





Foi naquele corredor sombrio e sem cor. Uma rasteira do destino, um impulso do momento, um descontrolo emocional. Não sei como o fizeste e continuas a fazer mas eu olhei para ti e algo se iluminou, algo fez com aquele momento não fosse somente como todos os outros, mas sim um momento que se tornou especial. Nada nem ninguém conseguia descrever o que se estava a passar, nem nós próprios. O mundo deixou de girar à volta do sol para puder somente girar à nossa volta, e assim dar cor e luz àquele momento que nos iria tirar da cegueira em que caímos anteriormente.

Os nossos corpos uniram-se e aliviaram a ânsia do desespero que o meu coração fazia soar num silêncio onde tu eras o único que o conseguia calar. Era provável que tudo não passasse de um simples contacto superficial de emoções mas, os teus olhos diziam exactamente o contrário. E o meu coração? Esse dizia que eras tu, aquele que me iria salvar das rasteiras que nós próprios colocamos ao destino e fazer-me novamente acreditar num mundo onde só tu e eu poderíamos reinar.

sábado, 5 de maio de 2012

Frases...




Os meus olhos não vêm aquilo que tu vês mas sim, aquilo que sentes.

Alma Ferida




“Desiludiste-me!” Foi a única palavra que consegui proferir quando ele apareceu à minha frente pedindo perdão. O seu olhar era neutro. Tentei decifrá-lo mas, estava demasiado irritada para o conseguir fazer.


Naquele momento deu-me uma vontade enorme de abraça-lo e dizer-lhe todas as coisas que tinha na cabeça e me atormentavam o coração mas, faltou-me a coragem.

O tempo intermitente que parecia nunca mais voltar apoderou-se de mim, ao ver que ele me voltava as costas e seguia em direcção ao infinito.

Queria pedir-lhe que parasse, tentei segurar a sua mão, mas o meu orgulho falou mais alto…

A minha alma sangrava de raiva e ciúme. Rasguei a pele à procura de respostas que me levassem até ele mas, tarde de mais. Ele já tinha partido.

domingo, 1 de abril de 2012

Frases...




Preocupamo-nos demasiado com aquilo que ainda não aconteceu.

Memórias Vividas




Tentei tirar-te da minha cabeça mas, o coração não foi capaz de permitir que o fizesse. Então as fotografias permanecem espalhadas por toda a casa como uma forma de memória pois, é desta forma que consigo manter-te por perto, que consigo perceber que tudo foi real e que sempre existiu um “nós”.

Não consigo entender o que realmente se passou mas, o facto é que não te consegui esquecer…
Agora, só te queria ter aqui, junto a mim…

Frases...




Eu gosto especialmente da pessoa que és, e não da pessoa que te queres tornar.

A tua ida sem volta




Quando te foste embora levaste parte de mim. Naquele momento não te dei a importância que realmente merecias e, hoje sinto que parte de mim desapareceu… Parte de mim foi contigo.


Eu esqueci-me do quanto és importante para mim e, agora que já não estás aqui, pergunto-me onde estava com a cabeça para te deixar partir.


Eu não fui sincera contigo pois, o que eu sempre quis foi ter-te a meu lado. Um para sempre não seria suficiente pois, tu és a minha vida...

Frases...




Lembra-te que quando decidires destruir a tua vida, outra
autodestruir-se-á com ela.

Nada foi em vão...




Conhecer-te foi um erro... Talvez uma loucura...
Não queria que acabasse assim mas, como pediste assim o farei...

Não quero continuar a sentir-me culpada por actos irresponsáveis causados por ti e, pela tua estupidez irreversível. Gostava de poder dizer-te tudo aquilo que sinto neste momento mas, faltam-me as palavras.

Não sei o que se passa comigo, nem sei o que se passa contigo mas, se no meio de tantas chatices e brincadeiras fantasiosas nas quais passamos juntos, felizes e tristes… Quero que saibas que quero fazer parte da tua vida.

Todos cometemos erros, é certo. O pior será reconhecer que erramos. Por isso,  só te quero pedir e dizer que, apesar de seres um palerma, um estúpido, um covarde, e todas essas coisas que te queria chamar neste meu estado de angustia, és uma pessoa muito importante na minha vida e, eu quero que a passes a meu lado… Seja de que maneira for!

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Frases...




É preciso aprender para ver? 

A luz da existência




Há sempre uma luz, por mais que não a queiramos ver, ela está lá. Permanece quieta e calada, à espera do nosso encontro. Encontro esse que nem sempre somos capazes de o cumprir.

Ela dá-nos sinais, brilha para nos chamar à atenção. Mas nós, permanecemos imóvel e deixamo-nos levar pela nevoa da escuridão sem sequer lhe abrirmos uma porta.

Aos poucos essa luz torna-se cada vez menos luminosa, pois nós cada vez nos afastamos mais. E quando finalmente encontramos um caminho que nos leva ao encontro tão esperado, essa poderá já ter desaparecido e o nosso pequeno e insignificante mundo torna-se um mar de desilusão e insegurança.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Frases...





Às vezes as decisões não são tão simples como pensávamos que seriam. E o Adeus, por vezes, é a única solução.

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Mas quem és tu?





Para quê tanto mistério? Mas quem és tu?

Que me liga todos os dias, que não se esquece de mim?

Que suspira de alívio quando me vê sorrir, e que morre de tristeza quando me vê sofrer?

Que percorreria mil mundos a meu lado para não me ver cair na tentação de sair magoada, desta longa viagem na qual a vida nos torna tão imunes e susceptível aos sentimentos que nos rodeiam?

Que me conhece melhor do que eu!

Que apesar de agir mal e magoar as pessoas que me rodeiam, me perdoa e tem sempre uma palavra de consolo, por mais que isso o possa magoar…

Porque és assim comigo? E por quantas interrogações que te coloquei, tu nunca respondeste? Simplesmente permaneceste calado e abraçaste-me neste silêncio que me consome…

Porque foges de mim, quando sabes que o que eu mais quero é ter-te por perto?
E porque tentas ocultar os teus sentimentos quando estás a meu lado?

Tentas parecer forte, e proteger-me a todo o custo… Mas tens medo de mim, o que faz com que eu me afaste de ti por receio de nunca mais voltar a ver esse teu olhar a sorrir.

Não tenhas medo! Não te escondas mais de mim! Dá-me a tua mão e vem comigo...

Fica sabendo que eu não me importo…
Não quero saber se és ou não omnipotente, mas o facto é que és, e serás sempre ÚNICO!  

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Frases...





Por mais que tentasse parecer indiferente, não conseguia... Pois ao teu lado sentia-me protegida.

Estupidez Crónica




Queria por vezes fugir deste mundo infame e não voltar mais.

As pessoas assustam-me. Assumem a forma de personagens focais e representam papéis nos quais não lhes pertencem mas, que são de tal modo tão bem representados que ninguém imagina que estes não passam de uma estrondosa mentira.

Porque será que isto acontece?

Há algum estímulo ou motivo para o qual a pessoa não queira ser o que é? Ou simplesmente não passa de uma estupidez crónica em que todos nós caímos?

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Superíssimo Desastre





Esperava mais de ti.
És um superíssimo desastre.
É verdade, derrotaste-me,
Não vou negar.

Preferia ter caído nas garras do mar,
Do que ter caído nos teus braços.
Mas fiquei amarrada a ti.
Arrastaste-me contigo.

O sofrimento cresceu e a dor aumentou.
Agora “raiva” é a minha palavra de honra,
Pois tu ensinaste-me a usa-la,
E a acreditar que só assim a dor iria anuviar.

Procuro respostas onde não existem perguntas
E ainda hoje, não sei se realmente foste real.
É difícil acreditar, e mais difícil é ser obrigada a não querer,
Algo que acabaria por acontecer.

A adrenalina do perigo faz com que te sinta por perto.
Então nesses momentos fecho os olhos,
E deixo-me levar por ti,
Pois és tu o herdeiro do meu destino.

domingo, 18 de dezembro de 2011

Frases...





Um dia vais achar que nem tudo o que tens te pertence de verdade.

A vida é perfeita ou Imperfeita?




A vida não é perfeita ou imperfeita. Está sujeita a grandes aventuras coloquiais sem resguarde de um fim literalmente feliz. Reserva-nos surpresas com embrulhos fanaticamente coloridos e responsáveis por finais felizes...
Não se demonstra preocupada com decisões fúteis ou naturalmente seguras, pois esta está presa ao destino, onde somos nós que lhe damos um rumo.

Eu diria que todas as decisões, indecisões, catástrofes ou alegrias, são causadas na forma de sentimentos perspicazes que nós próprios os reinamos.
Neste caso, escusado será dizer que a vida não é perfeita ou imperfeita, mas sim IMPREVISÍVEL!

sábado, 12 de novembro de 2011

Frases...




Por vezes a vida obriga-nos a tomar decisões bruscas e indelicadas, sem sequer arrancar de nós uma opinião prévia e justa.

A resposta mais óbvia...




Gostava de poder dizer tudo aquilo que estou a sentir. Mas não sei se sinto, não sei se quero sentir, não sei se posso sentir… Não há nada que possa descrever, este meu estado de angústia.
Rasgo a pele à procura de algo que me provoca um vazio intenso mas a única coisa que encontro é uma dor suprema e neutra.

MAS PORQUÊ QUE EU SOU ASSIM?
Pergunto várias vezes ao reflexo que se encontra no espelho mas, este demonstra-se sorridente e superficialmente feliz.
Nunca consegui obter qualquer tipo de resposta. A minha alma escondesse por detrás daquela personagem fantasiosa e não me responde. Esconde de mim todas e qualquer respostas, das perguntas que lhe interrogo.

São tantas as interrogações mas, e as respostas?
Não consigo, não quero! Desisto…

Por vezes as respostas são as mais óbvias, aquelas que nunca imaginamos pois, nunca queremos ver a verdade. E de todas as perguntas que fiz, tento encobrir todas as respostas que sempre foram dar ao mesmo lugar... 
TU!

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Medo Incompreensível




Tenho receio que tudo um dia desapareça, e se torne num inferno febril sem qualquer controlo de emoções. Um vício para ti, um sufoco para mim.

Eu queria voltar a ver-te, voltar a tocar-te, voltar a beijar-te,… Mas isso nunca poderá voltar a acontecer. A minha porta fechou-se e os meus olhos também.

Eu nunca mais vi, nunca mais ouvi, nunca mais senti, …
O vazio era de tal modo sobrenatural que nem as tuas próprias palavras me acudiam o desespero. Já nada faz sentido, mas foi melhor assim.

Este desgosto endoidece-me e sufoca-me sem dar explicação da sua sede de existência.
Peço-te que vás e nunca mais voltes. Pois prefiro viver sem ti, do que ver-te morrer por mim.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Frases...


- E se eu te disser que cada olhar, cada passo e cada sorriso nosso, são um gesto vital patente na nossa alma? 

Acabou


Tudo começa
Não há explicação,
É como uma promessa
No meio da solidão.


Gostava de negar
Mas é impossível.
Não consigo controlar
Este fogo incorrigível.

As memórias passadas
Nem o tempo apagou.
Serão sempre recordadas,
Pois tudo acabou.

sábado, 1 de outubro de 2011

Frases...


- É impossível viver num caos de emoções doces e fulminantes!

O Sol protector...


Ele é sereno, gracioso e de uma imensidão sem fim...

Povoa campos perdidos que sofrem na solidão e não têm tempo de descobrir o perdão, mas que certamente, vivem sempre na ilusão da existência de um coração...

É de uma amargura infinita que vai caindo no esquecimento, que ele vai ocupando cada canto desprotegido que tanto sofreu à causa daquela alma fugitiva e duvidosa.

Frases...


- A insegurança é o pior dos nossos anseios.

O Inexplicável




Não à explicação possível
Para aquilo que estou a sentir,
Até parece impossível
Mas espero que permaneças a ouvir.

Neste silêncio calado
Procuro no coração
Um momento limitado,
Mas sufoco sem solução.

Não sei se é de mim,
Mas também não sei se é de ti.
Será que ao pensar assim
Significa que me perdi?


Frases...



- Estamos numa era em que todas as decisões que tomamos nos parecem impossíveis.

A escolha certa


 
Podia tentar fugir,
Tu não me largavas.
Podia tentar fingir,
Mas tu não me deixavas.
Porque não me deixas?
Será assim tão difícil?
Não sei se és tu que me achas,
Ou se sou eu um alvo fácil.


Não sei o que se passa
Mas também não quero saber.
Não espero uma desgraça,
Só quero é poder viver.

É fácil pedir
Difícil é sentir.
Peço que não vás,
Porque o resto saberás.

Vivi numa mentira
Enrolada em ti.
No meio de tanta sabedoria,
Agora sei que te perdi.


Não vivo para viver.
Não vivo para gostar.
Mas vivo para aprender,
Como se escolhe para amar.

Frases...


- Convence o impossível!

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Pedaços Imortais




Por entre as folhas vejo algo, algo que não se quer mostrar. No negrume da noite, tento seguir-lhe o rasto. Impossível. É demasiado inteligente, não se deixa apanhar.

Sinto-me desesperada, como se esta rotina sucessiva fizesse parte de mim. Como se tivesse que acontecer. Como se algo me obriga-se a correr atrás daquele vulto confuso que se esconde e não se quer mostrar.

Sinto-me encurralada num labirinto fechado. Não há saída. Tento pedir ajuda, e num acto de desespero, solto gritos constantes de angústia. É inútil. A minha voz faz eco na minha cabeça. Como se algo a abafasse. Como se algo não me deixasse pedir ajuda. E na realidade, não precisava. Sentia-me segura e confiante.

Está ali, estou a vê-lo! Tento aproximar-me, mas ele volta a desaparecer por entre a névoa que soa naquele lugar sinistro.

Então eu corro. Corro para um rumo sem destino à mercê de um vulto. Vulto, esse que procuro com persistência. Eu vi-o, ou senti-o. Já não sei ao certo. Mas eu sei que existe. Pelo menos até cair em mim e acordar de novo.

Mas enquanto isso não acontece, deixo-me envolver num mundo de sonhos que vão sempre dar ao mesmo. Aquela floresta sem fim, aqueles arbustos misteriosos, algo que se esconde de mim, algo que tem medo de se mostrar.

Sinto-me perdida num mundo que não é o meu, mas que me é familiar. Vejo-me no meio de nada, à procura de algo que não existe mas, insiste em existir. Tudo fruto da minha imaginação fértil e supersticiosa.

Será isto possível?

Não, é só um sonho. Não passa de um estúpido sonho que insiste em atormentar-me todos as noites e fazer-me ver, mais uma vez, que não posso dormir a desejar não o fazer.

domingo, 3 de julho de 2011

O rumo da vida.



Uma simples mudança de rumo é o suficiente para arruinar todo o percurso que percorri.

Por isso, aqui estou eu! No meio do nada, entregue ao rumo que a vida me dá.

Pelo caminho encontrei peripécias ofegantes, rajadas de alegria e tristezas infernais mas, nunca olhei para atrás pois, estaria a dar demasiada importância ao passado e esse é mais um pedaço de percurso percorrido.

Neste momento tenho nas minhas mãos, o Presente e o Futuro. E uma coisa é certa…
Este Presente subtil, és Tu! E o Futuro?

sexta-feira, 6 de maio de 2011

"Luz, cor, acção"



"Luz, cor, acção…"
Adorava quando dizias isto…

Mas a luz que nos iluminava, a cor que nos inundava e a acção que percorríamos, teve um fim mais próximo do que um início.

A sensação de não te ter por perto começava a tornar-se um desespero profundo e infinito, que era de tal modo perturbador e impossível de suportar. Isto não podia continuar, tinha que por um ponto final nesta história (se é que se pode chamar de história), e acabar com este sofrimento doentio...

segunda-feira, 18 de abril de 2011

A tua tristeza é o meu sofrimento


Naquela noite, o frio era constante e rompia qualquer palavra que tentava soar naquele silêncio descomunal. Eu olhei para ti, estavas cabisbaixo e os teus olhos estavam fixos num rumo de tristeza e desilusão. As pequenas gotas de chuva que se faziam sentir escorriam pela tua face, pálida e gelada, e misturavam-se com as tuas lágrimas.

Senti-me uma inútil naquele momento esmagador, precisava de arrancar de ti esse olhar triste e voltar a ver os teus olhos doces a sorrirem de felicidade. Mas em vez disso, só consegui criar em mim um sentimento perturbador e insolente que me percorreu a alma e invadiu-me o coração. Só assim, pode sentir na pele o que estavas a sentir. Foi horrível!

Então num impulso, voltei-me para ti e disse: "A tua tristeza é o meu sofrimento".
Tu suspiraste, olhaste para mim, e abraçaste-me com tamanha força que já nem conseguia sentir mais nada a não ser o bater do teu coração. E assim, deixei-me envolver nos teus braços esquecendo a angústia que nos inundava.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

A teu lado...




A perspicácia daquele momento fez com que eu delineasse parte de mim. Não tem explicação possível mas, vem certamente do coração. Então, fechei os olhos e deixei-me levar num extinto desejo de sentir a tua mão pegar na minha e assim percorrermos aquele percurso longínquo e cego. A tua presença estava sempre patente no meu pensamento… Eras só tu e eu, em busca do destino.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Perdida nos braços de um sonho impossivel...


Foi num livro ao contrário
Que encontrei o meu mundo imaginário.
Num pensamento perdido,
E num momento decidido.
Sabendo que foi na rua imperdível,
Que aconteceu uma situação impossível.
Mas o tempo que foi encontrado,
Não passou de um sonho acabado.

quarta-feira, 30 de março de 2011

Silêncio Apagado...


Ele permanecia imóvel e quieto, num silêncio onde só a sua respiração se fazia sentir.
De costas voltadas para mim, eu sentia nele uma dor imensa na qual ele não queria admitir.
Tentei aproximar-me mas o calor da minha tristeza inundou aquele pequeno espaço entre nós.
Algo interrompeu aquele silêncio mudo… Eram os seus passos, que consequentemente se iam apagando no ar à medida que se afastava de mim.
Era de tal modo perturbador que apeteceu-me gritar-lhe e dizer-lhe para parar, mas a coragem escapou-me por entre os dedos.
Sinto-me uma inútil, uma cobarde, neste mundo sinistro e desesperante.